Este site utiliza cookies para permitir a mudança de língua e o armazenamento dos seus imóveis favoritos. Ao utilizar este site, concorda que o mesmo utilize cookies.

Moradia T2 em Amareleja - Moura

47.500€



Referência

MOR102022D

Natureza

Venda

Tipo de Imóvel

Moradia

Subtipo de Imóvel

Moradia Geminada

Tipologia

T2

Estado

Usado

Certificado energético

F

Ano

1994


Distrito

Beja

Concelho

Moura

Freguesia

Amareleja

Código Postal

7885


Área Útil

100 m2

Área Bruta

100 m2

Área de Terreno

121 m2

Partilhar



Contactar Imobiliária

*preenchimento obrigatório
Ao clicar em 'Enviar', declara que aceita a nossa Política de Privacidade.
Embora os documentos paroquiais referentes ao lugar datem de 1534, Amareleja já consta nos censos de D. João III (realizados em 1527).
Segundo o que se lê em “Portugal Restaurado – Luís de Meneses – Conde de Ericeira, Lisboa 1751”, já pelas Guerras da Restauração, Amareleja foi vítima de pilhagens de inimigos castelhanos.
Os documentos paroquiais existentes na Torre do Tombo são referentes a 1793. No livro de visitas pastorais, foi lançada uma ordem do Bispo de Beja, em 23 de Dezembro de 1773, para lhe serem enviados os livros de baptismos e matrimónios, livros estes que desapareceram, não permitindo apurar a sua idade.
Várias descobertas arqueológicas como, antas, sepulturas tipo Cromeleque, pinturas rupestres, machados de sílex, vestígios de fundição de metais, sepulturas da Idade do Bronze, sepulturas escavadas na rocha, quase sempre descobertas ao acaso, aquando de trabalhos agrícolas ou de construção de estradas, são sinais evidentes da permanência ou passagem de gerações de tempos muito mais recuados.
Também apareceram vestígios da civilização romana, tais como o pavimento de uma habitação, sepulturas com tampa circular que continham tigelas e fragmentos de lacrimal, moedas do Cláudio, fragmentos de tégulas, pedras de atafona, pedras de moinhos manuais. No Barranco de Valtamujo existem restos de uma ponte romana, que possivelmente daria ligação com outra existente no rio Ardila e perto do porto do Castelo. Esta ponte daria passagem aos moradores das margens de Vale de Navarro onde se encontram muitos vestígios de vida antiga.
No reinado de D. Sancho II, Moura (actual sede de Concelho da freguesia de Amareleja) foi conquistada aos Mouros e estabelecida em senhorio, segundo o regime feudal.
D. Sancho II entregou a Vila de Moura aos cavaleiros da Ordem do Hospital. Estes cavaleiros deixaram assinaladas em Amareleja a sua passagem e presença, podendo ainda as marcas da ordem ser vistas em marcos que possuem a sua cruz.
Mas, dados ou referências não vão além de 1527. Verifica-se em documentos desta altura, relativos ao censo realizado a mandado de D. João III, que o lugar já tinha 55 fogos. Podemos dar um período de cerca de duzentos anos para a criação destes 55 fogos, visto que as condições de vida não eram favoráveis para um desenvolvimento rápido.
Podemos afirmar que pelos fins do século XV as necessidades religiosas destas pessoas levou à construção da Igrejinha de Santo António que é considerado o Padroeiro dos Gados. Esta pequena igreja foi construída num pequeno outeiro a relativa distância dos lugares chamados “Montinho” e “aldeia velha”.
Em 4 de Abril de 1990, surgiu o Projecto de Lei nº 513/V que visava a elevação de Amareleja a vila. Mas, havia uma contrariedade, o número de eleitores – 2758 – era inferior aos 3000 exigidos por lei.
Em 8 de Setembro, do mesmo ano, foi discutido na Assembleia da República que a insuficiência de eleitores devia-se ao descuido dos eleitores que não se recenseavam.
Finalmente, em 20 de Junho de 1991, a Assembleia da República aprovou o Projecto, publicado a 16 de Agosto. No ano seguinte, comemorou-se o aniversário da elevação de Amareleja a Vila com um festival aéreo.
Moradia T2 localizada na bonita vila de Amareleja, composta por 2 quartos, hall, cozinha e sala de comer, despensa., wc, quintal e arrumos.
Algumas vantagens para escolher a IMOREG
- Consultores dedicados em todo o processo da compra/venda
- Acompanhamento negocial
- Procura permanente de imóveis que preencham as suas necessidade
- Apoio no processo de Financiamento
- Apoio na marcação e realização do Cpcv
- Apoio na marcação e realização de escrituras de compra e venda
Geral
ClimatizaçãoEsquentador:Sim
ClimatizaçãoLareira:Sim
CaixilhariaMadeira:Sim
VistasCidade:Sim
Exposição SolarNascente:Sim
Exposição SolarPoente:Sim
GeraisNº de divisões :6
GeraisNº Casas de Banho:1
Quarto de BanhoComum:Sim
Luz NaturalMuito Iluminado:Sim
Fuga de FumosChaminé de alvenaria:Sim
InfraestruturasEsgotos:Sim
GaragemIndividual:Sim
CozinhaMóveis madeira:Sim
PavimentoMosaico:Sim
Edificio
GeraisNº de frentes :2
GeraisNº de pisos:1
GeraisNº de Garagens:1
Tipo de EmpreendimentoHabitação:Sim
Revestimento ExteriorMonomassa:Sim
Paredes Hall de EntradaMonomassa:Sim
ÁguaCompanhia:Sim
GaragemLocal:Sim
GaragemElectricidade:Sim
Zona
GeraisTransportes públicos:Sim
CentralidadeCentro da cidade:Sim
ProximidadeBancos:Sim
ProximidadeClínicas:Sim
ProximidadeEscolas:Sim
ProximidadeFarmácias:Sim
ProximidadeJardins:Sim
ProximidadeJardins de infância:Sim
ProximidadePadarias:Sim
ProximidadePolícia:Sim
AcessosAlcatrão:Sim

Este imóvel não tem áreas definidas.

Imóveis
Semelhantes

Moradia
Venda

52.000€

Moradia T2 em Safara / Moura

52.000€

Beja / Moura / Safara e Santo Aleixo da Restauração


Ref: MOR062020B

Ref: MOR062020B

126 m2

2

1